Saúde estadual mostra “cases” de sucesso em gestão hospitalar por OS

O secretário do Estado da Saúde de Goiás e presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Leonardo Vilela, apresentou hoje (28 de maio), em São Paulo, a transformação ocorrida no Hospital de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad (HDT), que pós gestão por Organização Social (OS) recebeu selo de qualidade da Organização Nacional de Acreditação (ONA). Ele também falou da construção do Hospital de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage Siqueira (Hugol), a maior unidade de emergência do Centro-Oeste e administrada pela Organização Social Agir.

Leonardo Vilela citou esses dois casos de sucesso na Saúde Pública em Goiás ao participar do evento “20 anos de parceria – OS é a solução”, para celebrar o 20º aniversário do modelo de Organizações Sociais no Brasil. O encontro, promovido pelo no Instituto Brasileiro das Organizações Sociais de Saúde (Ibross) em São Paulo, conta com o apoio do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), da Fundação Getúlio Vargas (FVG Saúde) e da Associação Brasileira das Organizações Sociais de Cultura (Abraosc).

“O desconhecimento é talvez o maior inimigo que temos em relação às organizações sociais. É fundamental discutir com a sociedade e com todos aqueles que desconhecem esse modelo”, declarou Vilela ao falar sobre o êxito das OSs na administração de hospitais públicos em Goiás.

O evento também contou com a participação do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que ministrou uma palestra sobre o tema “A reforma do Estado: 20 anos do modelo de OS”.  Ele apresentou um resumo do nascimento da legalidade das OSs no Brasil, e o cenário político que fundamentou a sua constituição, passando a integrar a denominada triologia Estado, Privado e Sociedade Civil. O ex-presidente também destacou a Lei Federal nº 9637/98, que regulamentou as OSs constitucionalmente e defendeu o processo de modernização realizado desde então.

IBROSS

O Instituto Brasileiro das Organizações Sociais de Saúde (IBROSS) é a primeira entidade representativa das OSS no Brasil. Juntas, as 21 OSS associadas ao instituto gerenciam mais de 800 unidades de saúde e empregam 95 mil pessoas. Essas unidades contam com mais de 15 mil leitos e realizam, em um período de um ano, cerca de 700 mil internações e mais de 750 mil cirurgias.

O Ibross reúne OSS que atuam em São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Santa Catarina e Ceará. O instituto tem como missão colaborar para o aperfeiçoamento e fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) e a qualidade do atendimento oferecido à população brasileira.

ABRAOSC

A Associação Brasileira das Organizações Sociais de Cultura é uma instituição privada sem fins lucrativos, constituída em 1º de agosto de 2013 com o objetivo de promover a defesa, o fortalecimento e o desenvolvimento do modelo de gestão da Cultura por meio das Organizações Sociais no âmbito nacional.

Atualmente conta com 19 organizações associadas sediadas nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia, e busca contribuir nas mais diversas formas de ação para a formação, produção e o acesso à cultura, promovendo e estimulando a interlocução de seus associados com a população, produtores culturais e poder público em geral, assim como o desenvolvimento e fortalecimento institucional e gerencial das organizações.

Ascom

Foto: Jornal Goiás Agora

Responda

Your email address will not be published.