Brasil é eleito presidente do Conselho Executivo da OMS

O Brasil foi escolhido para ocupar a presidência do órgão diretivo da Organização Mundial da Saúde no período de 2018 a 2019

O Ministério das Relações Exteriores divulgou por nota à imprensa que o Brasil foi eleito, no dia 28 de maio, para exercer a presidência do Conselho Executivo da Organização Mundial da Saúde (OMS), agência especializada do sistema das Nações Unidas. O país não ocupava essa posição desde 1961.

O Brasil tem exercido atuação protagonista e de liderança na Organização, sobretudo na defesa do acesso universal a medicamentos e a serviços de saúde. No exercício da presidência do Conselho Executivo, o Brasil terá a oportunidade de coordenar a discussão multilateral dos principais temas de saúde em sintonia com os objetivos da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável.

A OMS, que existe desde 1948, tem como missão elevar os padrões sanitários e de bem-estar da população mundial, coordenando os esforços internacionais para a prevenção, o controle e o tratamento de doenças, supervisionando o intercâmbio de informações epidemiológicas entre os países membros e realizando pesquisas em diversos campos da área de saúde.

CONSELHO EXECUTIVO

O Conselho Executivo da OMS é composto por 34 membros, eleitos entre os membros da Organização, para mandatos de três anos. O Brasil ocupa mandato no Conselho no triênio 2017-2020. Na reunião anual realizada em janeiro, os membros do Conselho deliberam sobre o programa e os assuntos a serem debatidos por todos os 194 membros da OMS na Assembleia Mundial da Saúde, realizada em maio.

Por Anna Lima, do Nucom AISA

Responda

Your email address will not be published.