Doadores de sangue são diplomados em Belo Horizonte

[Belo Horizonte] – Doadores de Belo Horizonte participaram, no último dia 29, da tradicional solenidade estadual de diplomação dos doadores de sangue fidelizados.

A cerimônia contou com a presença de diretores, assessores e servidores da Fundação Hemominas e de autoridades do estado de Minas Gerais, além de empresas e entidades parceiras da instituição na causa da doação. Foram homenageados 200 doadores de sangue fidelizados do Hemocentro de Belo Horizonte (HBH) nas categorias Prata (116), Ouro (52), Diamante (15) e pós-Diamante (23).

Abrindo a cerimônia, a presidente da Fundação Hemominas, Júnia Guimarães Mourão Cioffi, parabenizou os doadores voluntários, ressaltando a importância deles para o trabalho realizado pela instituição. “Quando se fala em doação voluntária de sangue, muitas pessoas não entendem muito bem o que motiva uma pessoa a doar para que uma pessoa que ela não conhece possa receber uma transfusão. Mas nós, que convivemos com vocês, sabemos que vocês realizam essa ação muito importante com uma solidariedade muito grande. Podemos dizer, com imenso prazer, que o sangue doado por vocês é utilizado em quase 100% das transfusões realizadas pelo SUS em MG” disse.

Júnia Cioffi fez, ainda, um agradecimento especial em nome de todos os pacientes da rede Hemominas que necessitam ou necessitaram de uma transfusão de sangue em algum momento. “Nós, que conhecemos também o outro lado, escutamos os pacientes que recebem a transfusão dizerem que a bolsa de sangue salvou a vida deles. É exatamente por isso que estamos fazendo essa homenagem: em agradecimento a essa disposição que vocês têm de doar com frequência um pouco de cada um para ajudar a salvar vidas de pessoas que vocês não conhecem, em nome desses pacientes eu quero dizer, muito obrigada! ”, completou.

Os doadores receberam os diplomas das mãos de servidores da Hemominas que integram a equipe de atendimento do Hemocentro de Belo Horizonte. Após a diplomação, todos os doadores receberam lembranças alusivas à data, além de participar de um sorteio.

Solenidade oficial

Desde 1991, a Fundação Hemominas homenageia os doadores de sangue com a entrega de diplomas, de acordo com o número de doações realizadas. De 10 a 14 doações, o doador recebe o diploma Azul; de 15 a 24 doações, o diploma Bronze; de 25 a 34 doações, o diploma Prata; 35 a 49 doações, o diploma Ouro; com 50 doações, o diploma Diamante, e com mais de 50 doações, o doador é contemplado com o diploma pós-Diamante.

Por Ascom – Hemominas

 

Responda

Your email address will not be published.