Sesapi realiza 613 cirurgias em regime de mutirão no final de semana

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, divulgou que neste final de semana  foram realizadas 613 cirurgias em regime de mutirão em nove hospitais da rede estadual, como parte do esforço concentrado feito pela Sesapi para desafogar as filas de cirurgias. A previsão é ultrapassar a meta inicial de cinco mil cirurgias programadas pelo  Mutirão de Cirurgias Eletivas para 2019.

Durante os dias 14, 15, 16 e 17 de novembro, o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde – HEDA, realizou em Parnaíba, as cirurgias do Mutirão de Catarata. Os procedimentos aconteceram no Centro Integrado de especialidades Médicas (Policlínica). Ao todo foram realizadas cerca de 471 cirurgias, contemplando os 11 municípios da região da Planície Litorânea.

Além do HEDA, mais oito hospitais do interior do Piauí foram responsáveis por mais 142 procedimentos cirúrgicos eletivos em regime de mutirão, realizados com recursos do Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (FAEC). Corrente, São Raimundo Nonato, Piripiri, Floriano, Campo Maior, Oeiras, Esperantina e Luzilândia  foram os municípios onde os mutirões ocorreram. O Hospital Regional Chagas Rodrigues, Piripiri, participou pela primeira vez  do projeto. O município tinha a maior quantidade e tempo de espera de pacientes no sistema da regulação estadual aguardando cirurgia eletiva.

Com este serviço descentralizado a Secretaria de Estado da Saúde tem facilitado o acesso ao procedimento cirúrgico, evitando que a população se desloque para a capital e diminuindo o tempo de espera.  “Nós continuaremos em regime de mutirão nos hospitais regionais até o último dia deste ano atendendo os usuários do SUS que aguardam uma cirurgia”, declara o secretário da Pasta.

“ Estamos muito orgulhosos com o empenho de todos os profissionais envolvidos nesses mutirões. Graças a eles, mais de 600 pacientes foram operados em um único final de semana em nove municípios piauienses. Agradeço a cada um dos médicos, enfermeiros, técnicos, administrativos e demais integrantes das equipes que possibilitaram esse trabalho de sucesso”, pontua Florentino.

Fonte: Secretaria de Saúde do Piauí

Responda

Your email address will not be published.