Reunião com os Diretores de Hospitais discute início de planejamento para trabalhos em 2020

[Teresina] – Na manhã desta segunda-feira (16) foi realizada no auditório do Tribunal de Contas do Estado, juntamente com a Diretoria de Vigilância Sanitária e com os diretores da rede estadual de hospitais, uma reunião para discutir o início do planejamento para o ano de 2020. Dentro da reunião foram abordados temas como a resolução 98/2019 do CRM sobre a regulamentação dos mutirões de cirurgias eletivas.

O Superintendente de Assistência a Saúde, Alderico Tavares, destaca que reuniões como as realizadas hoje são de extrema importância para o início dos planejamentos para as atividades do ano de 2020. “Essa reunião busca analisar as atividades realizadas pelos hospitais, verificando tanto as experiências exitosas como os pontos que ainda precisam ser melhorados para evoluir o atendimento a nossa população e garantir maior segurança para os pacientes durante a realização dos procedimentos”, destacou o superintendente.

A Diretora de Vigilância Sanitária, Tatiana Chaves, apontou a importância dos hospitais seguirem as orientações da Divisa dentro da legislação sanitária. “Nós realizamos a identificação das conformidades e inconformidades dentro de cada uma das unidades, a partir daí damos orientação para os hospitais para o cumprimento dessas inconformidades, garantindo assim a evolução cada vez maior dos nossos serviços”.

O Secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, também participou da reunião e apontou que a discussão com os diretores ajudou a analisar a realidade dos hospitais tanto no âmbito das inconformidades apontadas pelos órgãos de controle, como também das atividades que vem sendo executadas com êxito pelas unidades.

“Precisamos adequar os nossos serviços para garantir mais qualidade nas nossas atividades. Dentro da reunião nós também apontamos para o nosso futuro, temos metas e grandes objetivos para o próximo ano continuando os nossos investimentos e também nossos trabalhos de bater recordes nos nossos serviços. Além dos números de cirurgias e atendimentos realizados, queremos melhorar ainda mais os serviços presente no nosso interior. Garantindo um atendimento de qualidade no nosso interior, nós não sobrecarregaremos nossos hospitais da capital”, destacou o secretário.

O Secretário apontou ainda que é uma das prioridades da gestão da Sesapi finalizar o ano pagando os prestadores de serviços, diminuindo as brigações para com os nossos fornecedores e terminar o ano cada vez mais equilibrados.

Ascom

Responda

Your email address will not be published.