Secretaria de Saúde do Piauí ultrapassa meta de cirurgias feitas em regime de mutirão em 2019

[Teresina] – A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) ultrapassou a meta prevista do número de cirurgias feitas através dos mutirões em 2019. Até dia 19 de dezembro foram realizadas 6 mil 963 cirurgias em regime de mutirão, quando a meta eram 5 mil. Foram 1.963 cirurgias a mais que o previsto. Todas as macrorregiões foram assistidas envolvendo 18 unidades hospitalares.

A cada mês, o número de procedimentos feitos nos hospitais durante os mutirões aumentava Só cirurgias de catarata foram realizadas 2 mil 413; cirurgias pediátricas, ortopédicas e gerais somam 4 mil 560. De acordo com o secretário Florentino Neto, o resultado do ano é muito positivo. “ Através dos mutirões, nós conseguimos reduzir as filas tanto nos hospitais do interior quanto da capital. São pessoas que estão à espera de uma cirurgia e com a realização do mutirão podem ser atendidas  no hospital da região em que moram, dando mais comodidade a esses pacientes”, explica o secretário.

Os mutirões de cirurgias são regulados pela portaria 1.299 de 25 de maio de 2017. Essas cirurgias são feitas com pactuação, acompanhadas online pelo Ministério Público e as comissões de saúde. “ O andamento da fila de atendimento é transparente e  acompanhada de forma digital. Em 2020, queremos trazer para o Piauí cirurgias de ponta que vão poder ser feitas em regime de mutirão” diz o secretário.

Em janeiro de 2020, o Ministério da Saúde vai publicar uma nova portaria divulgando as diretrizes dos mutirões. Segundo o secretário Florentino, em 2020, serão estabelecidas metas a cada mês para serem batidas e uma meta geral do ano. “ A ideia é que nossos hospitais regionais e da capital possam atender o piauiense com mais celeridade, com mais qualidade, melhor serviço e com  mais humanidade” afirma o secretário.

Ascom

Responda

Your email address will not be published.