HGV é selecionado para participar de projeto do Ministério da Saúde

[Teresina] – O Hospital Getúlio Vargas (HGV) foi selecionado para participar do Projeto Lean nas Emergências, realizado pelo Ministério da Saúde em parceria com o Hospital Sírio-Libanês, por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS).

Apesar do HGV não ser um hospital de Urgência e Emergência é a principal porta de entrada dos pacientes regulados pela Rede de Urgência e Emergência (RUE) do Estado e será hospital piloto para o Ministério da Saúde com este perfil, explica o diretor-geral, Gilberto Albuquerque.
Com o Projeto, o Hospital passa a partir de fevereiro, a receber as visitas periódicas das equipes do Hospital Sírio–Libanês, parceiro do Ministério da Saúde no Projeto Lean nas Emergências. Este é o  4º Ciclo do Projeto no qual foram selecionados 40 unidades em todo o país. Para o diretor do HGV, significa uma oportunidade de agilizar o atendimento do paciente regulado pela RUE.
“Com a participação do HGV no Projeto, o objetivo é reduzir a permanência do paciente no Hospital, melhorando a organização dos fluxos e, consequentemente, podendo aumentar o número de pacientes atendidos no HGV, reduzindo tempo de espera por um procedimento na Unidade”, explica Gilberto Albuquerque.
A outra vantagem, diz Albuquerque, é que os profissionais serão treinados na metodologia Lean. “A metodologia Lean reduz desperdícios e tempo, otimizando espaços e insumos”, destaca o diretor.
Ele explica ainda que, para alcançar essas melhorias, os hospitais que participam da iniciativa,  passam por um processo de intervenção, fase onde os profissionais do Hospital Sírio-Libanês visitam e se reúnem com gestores e profissionais para identificar dificuldades e implementar ações de melhoria, utilizando ferramentas da metodologia Lean, bem como capacitando as equipes.
Essa fase dura em média seis meses, e após o termino, o HGV passará por um monitoramento, por mais doze meses, para garantir a transformação no gerenciamento da Unidade.
Por Fátima Oliveira
Foto: Solinan Barbosa

Responda

Your email address will not be published.