Novo modelo de financiamento para serviços de saúde da Atenção Básica é tema de oficina em Oeiras

[Oeiras] – Gestores e técnicos das Secretarias Municipais de Saúde das cidades que compõem o território Vale do Canindé participaram nesta quinta-feira, 30, em Oeiras, de uma oficina sobre o novo modelo de financiamento federal para os serviços da Atenção Básica. A capacitação foi promovida pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Piauí (COSEMS-PI)  e aconteceu no auditório Semusa.

A oficina foi ministrada pela assessora técnica do COSEMS, Socorro Candeira. “O Ministério da Saúde lançou em novembro de 2019 o Previne Brasil, que é um programa que altera o modelo de financiamento da Atenção Básica. Então, a partir de janeiro de 2020, este novo modelo já está vigente e uma série de mudanças precisam ser implementadas nos municípios para que eles não possam ser penalizados futuramente com a perda de recursos. O novo modelo traz várias dimensões, que vão impactar no processo de financiamento”, explica.

“É preciso que os municípios se organizem para que consigam cadastrar 100% das suas populações e melhorem seu desempenho. Hoje mostramos aqui como vai ser esse processo, o que o município precisa fazer para qualificar sua informação e para intensificar e fortalecer o processo de cadastramento das famílias”, acrescenta a assessora técnica.

O programa Previne Brasil é uma iniciativa do Governo Federal que altera procedimentos de repasse de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) para os municípios. A iniciativa visa incluir mais pessoas nos programas de atenção primária. Segundo o Ministério da Saúde, o novo modelo vai aportar mais recursos para os municípios que melhorarem a saúde da população, especialmente nos serviços de saúde da Atenção Básica, que cuida das doenças mais frequentes.

Na ocasião, além da oficina sobre o novo modelo de financiamento, também foi ministrada uma capacitação sobre escrita de trabalhos na ‘Mostra Piauí, Aqui tem SUS’. “Envolvemos prefeitos, vice-prefeitos, secretários de Administração, bem como 100% dos secretários do Vale do Canindé e respectivos técnicos para apresentação do novo modelo de financiamento e, em seguida, fizemos a oficina de escrita ‘Mostra Piauí, Aqui tem SUS’ com o propósito de despertar de cada um dos municípios com mostras e experiências exitosas para serem escritas e apresentadas no Congresso Estadual e concorrer a nível nacional, onde o Estado do Piauí e o município de Oeiras têm sido referência. Já premiados a nível nacional com trabalhos apresentados em congressos anteriores”, pontua Auridene Freitas, secretária de Saúde de Oeiras e presidente do COSEMS-PI.

 

Responda

Your email address will not be published.