Com foco no público jovem, Oeiras lança campanha de prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíve

[Oeiras]Jovens influenciadores digitais são os protagonistas da campanha #VamosCombinar, lançada quinta-feira, 20, pela Prefeitura de Oeiras, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), com o objetivo de conscientizar a população para prevenção de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), sobretudo, no período do Carnaval.

O evento contou com participação do prefeito José Raimundo; dos secretários municipais de Saúde (Auridene Freitas), Administração e Planejamento (Luiz Nunes), Cultura e Turismo (Stefano Ferreira), Juventude (Heloísa Helena); profissionais de saúde e representantes dos blocos carnavalescos da cidade, que na ocasião receberam kits de preservativos e o apoio cultural da Prefeitura.

A secretária municipal de Saúde explica que o foco é informar, principalmente, o público jovem sobre os riscos e consequências de contrair doenças transmitidas durante as relações sexuais. “Nosso objetivo é usar os meios de comunicação para que a informação possa chegar o máximo possível, principalmente, ao público jovem, pois observamos que é nesse público que está o índice mais elevado de Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis. É um público que nos preocupa muito e, entendendo a necessidade de envolve-los, fortemente, e orienta-los cada vez mais em relação à necessidade do uso dos métodos contraceptivos e do preservativo, envolvemos os influenciadores digitais”, argumenta, Auridene Freitas.

Dados recentes do Ministério da Saúde apontam que jovens entre 15 a 24 anos não usam preservativos, 40% das mulheres admitem não usar preservativo durante a relação. Com isso, o número de diagnósticos em HIV/AIDS nesse público aumentou 85% nos últimos 10 anos. Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (Pense), realizada em 2015, nas escolas de todo o país com adolescentes de 13 a 17 anos, aponta que em média 01 em cada 03 adolescentes iniciam vida sexual sem preservativo e 04 em cada 10 adolescentes na faixa etária de 13 a 15 anos não usaram preservativo na primeira relação, e que em média 35,6% dos entrevistados não usam o preservativo em suas relações subsequentes.  O estudo concluiu que quanto mais jovem, menor o uso do preservativo.

A campanha #VamosCombinar utiliza linguagem e mídias digitais para aproximar o público jovem dos métodos preventivos e dos serviços oferecidos no Centro de Testagem e Aconselhamento e Serviço de Assistência Especializada em IST/AIDS e Hepatites Virais (CTA/SAE), que realiza ações de prevenção e diagnóstico de ISTs. “O CTA/SAE trabalha desde o processo de acolhimento até a oferta de testes rápidos para várias doenças, não apenas HIV, mas também de sífilis e hepatite B e C, de forma gratuita. Nós precisamos conscientizar a população e, principalmente, o público jovem para que ele busque o nosso serviço. Nossa proposta é envolver a sociedade como um todo, porque entendemos que essa ação deve acontecer de maneira social, onde todos nós possamos ser um multiplicador desta informação, para que tenhamos condições de atingir o indicador”, pondera a secretária.

“Acreditamos, fortemente, que através da informação e da oferta do serviço qualificado nós iremos conseguir reduzir esse número, que nos assusta muito. É um número que vem crescendo não apenas em Oeiras não apenas na cidade do Piauí, mas é um número que vem crescendo dentro do país como um todo. Por isso, queremos fazer esse chamado a toda a sociedade, envolvendo os profissionais de saúde como linha de frente na ação e divulgarmos o máximo possível da informação para que, assim, tenhamos condições de reduzir e mudar esse indicador no município de Oeiras”, acrescenta a secretária municipal, destacando que as equipes volantes da Semusa realizarão a distribuição de preservativos durante todos os dias de Carnaval.

Ascom

 

Responda

Your email address will not be published.