Mutirão de ortopedia atende 500 pessoas neste sábado (07)

[Teresina] – A servidora pública Francisca Regiany, de 35 anos de idade, foi diagnosticada com problema na coluna e aguardava em fila de espera eletrônica por consulta com ortopedista. Neste sábado (07), ela e mais 500 pessoas receberam atendimentos nesta área médica. A iniciativa integra o programa “Teresina The Atende”, da Fundação Municipal de Saúde (FMS) e ocorre aos sábados na capital.

Outra usuária atendida foi a filha da dona de casa Ana Débora, que conta que a criança tem pernas curvadas, o que dificulta a sua locomoção. “A minha filha tem muita dificuldade para caminhar e cai. Hoje, foi atendida por um médico excelente que passou exames. O atendimento foi ótimo. Esse mutirão chegou na hora certa”, ressalta.

O presidente da FMS, Charles Silveira, explica que os usuários receberam atendimento, realizaram exames e, em casos específicos, já saíram com a marcação para outros procedimentos. “A estratégia de lançar esse programa partiu da necessidade de agilizarmos o atendimento de quem está em fila. Foi uma ideia exitosa da nossa gestão, porque beneficia o povo que precisa”, afirma.

Segundo o médico ortopedista, Frederico Araújo Leite, para prevenir doenças ortopédicas, as pessoas precisam focar nas mudanças de hábitos em relação à alimentação e atividade física. “Essas medidas, por exemplo, estabilizam as articulações, fortalecem os músculos, melhoram a densidade dos ossos e fazem com que a pessoa tenha melhor qualidade de vida, inclusive que consiga conviver com problemas degenerativos que podem ocasionar dores”, explica.

O programa “Teresina The Atende” foi lançado no mês de agosto de 2019 pela FMS para realizar mutirões de consultas e exames especializados, aos sábados. O público-alvo corresponde à pessoas que aguardam em fila de espera eletrônica do SUS por atendimento nas áreas de ortopedia, cardiologia, oftalmologia e neurologia.

Ascom/FMS

Responda

Your email address will not be published.