Secretaria de Saúde do Piauí vai contratar empresas para locar equipamentos de UTI para o Piauí

[Teresina] – A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), por meio do Comitê de Organização de Emergência (COE), decidiu por fazer a locação de leitos de UTI para ocupação de possíveis casos confirmados de Covid-19 no Piauí. Atualmente, o estado do Piauí possui 422 leitos de cuidados intensivos (260 UTI adultos, 58 UTI pediátrica e 104 neonatal), sendo 215 leitos em hospitais privados, 192 em hospitais estaduais e 15 em hospitais federais.

O Comitê de Organização de Emergência define e executa as estratégias de ação de combate ao coronavírus, assim, como também, orienta aos hospitais estaduais, privados e às secretarias municipais de Saúde sobre o cumprimento do Plano de Contingência, criado pela Sesapi em janeiro de 2020, antes mesmo de ter qualquer caso suspeito da doença no estado. Até agora, foram notificados 62 casos; 19 foram descartados; 43 são suspeitos e estão em investigação e nenhum foi confirmado.

A locação vai seguir o mesmo modelo adotado pelo Ministério da Saúde, que vai beneficiar o Piauí com 10 leitos. A Secretaria de Estado da Saúde já está fazendo tratativas para locação de equipamentos de UTI de uma empresa especializada nesse tipo de serviço.

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, explica que não se trata da locação de leitos da UTI que estão na rede privada. “Os equipamentos de UTI serão instalados em leitos de hospitais estaduais. Por causa disso, a Sesapi vai capacitar os profissionais da rede para que possam trabalhar nessa situação de emergência. A Secretaria da Saúde trabalha com seriedade e transparência para nortear as ações de combate ao coronavírus no estado”, diz o gestor.

Responda

Your email address will not be published.