Mandetta é demitido por Bolsonaro e deixa o comando do Ministério da Saúde

[Teresina] – Luiz Henrique Mandetta está demitido do cargo de ministro de Saúde do governo Jair Bolsonaro (sem partido). A informação da exoneração do médico de 55 anos foi confirmada por ele mesmo nesta quinta-feira (15). O nome de Nelson Teich é o escolhido para o comando do Ministério da Saúde.

Henrique Mandetta

@lhmandetta

Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e

Mandetta foi chamado ao Palácio do Planato nesta tarde para a última conversa com Bolsonaro e oficializar a exoneração.

Ontem (14), Mandetta ressaltou o tom de despedida admitiu que seria demitido na entrevista coletiva. Contudo, declarou que recusou o pedido de demissão do seu braço direito, o secretário de Vigilância Wanderson Oliveira. “Vamos sair juntos”, disseram.

Vale lembrar que, na semana passada, a exoneração de Mandetta foi impedida por ministros da ala militar. Contudo, o apoio dos militares acabou após a  entrevista exclusiva à Rede Globo no último domingo (12).

Ao Fantástico, Mandetta disse que a população “não sabe se escuta o ministro ou o presidente”. Além disso, ele também fez uma crítica direta a Bolsonaro:

“Quando você vê as pessoas entrando em padaria, entrando em supermercado, fazendo filas uma atrás da outra, encostadas, grudadas, pessoas fazendo piquenique em parque, isso é claramente uma coisa equivocada”, declarou Mandetta.

A fala foi uma crítica direta a Bolsonaro, já que o presidente visitou uma padaria e abraçou seus apoiadores. Antes, ele ainda visitou comércios do Distrito Federal, em Taguatinga, Sobradinho e Ceilândia.

Fonte: Portal Paraná

Responda

Your email address will not be published.