Piauí reforça rede de atendimento a pacientes com Covid-19 no Vale do Guaribas

O Estado montou leito de estabilização no Hospital Regional Mariana Pires Ferreira, em Paulistana

[Paulistana] – O Governo do Estado do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), encaminhou, nessa quinta-feira (7), equipamentos para a montagem de um leito de estabilização no Hospital Regional Mariana Pires Ferreira, hoje municipalizado, da cidade de Paulistana. A medida busca garantir uma referência a mais na macrorregião do Vale do Guaribas, que já conta com o Hospital Regional Justino Luz em Picos, uma vez que a área é muito extensa. A ação busca não sobrecarregar o Hospital de Picos no atendimento de casos da Covid-19.

A diretora do hospital, Sirleide Sousa, destaca que a chegada do leito de estabilização para a unidade é de suma importância para o atendimento de casos mais graves da doença, além de ajudar a prevenir um colapso da rede de saúde na região. “Com a chegada desse leito de estabilização, nós teremos o suporte necessário para casos graves da Covid-19 que adentrarem a unidade, nos permitindo, assim, conduzir melhor o tratamento do paciente e evitando a necessidade de transferências que possam sobrecarregar os nossos serviços de saúde em outro ponto da macrorregião”, aponta a gestora.

Ela destaca que, para reforçar ainda mais o trabalho da unidade no atendimento de possíveis casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus, a unidade passou por adaptações que permitiram uma estruturação adequada dos serviços e atendimentos à população.

“A unidade também preparou uma área específica para o atendimento de pacientes com Covid-19, contendo oito leitos clínicos divididos em duas enfermarias, uma para os pacientes que necessitarem de equipamentos que geram aerossóis como oxigenioterapia; nebulização e aspiração e outra enfermaria para a precaução de gotículas para mantê-los internados. A nova área contará também com um posto de enfermagem, consultório médico, serviço de triagem de enfermagem e uma sala de urgência, emergência e estabilização com dois leitos para casos graves”, destacou a diretora.

A ação faz parte das várias medidas que o Governo do Estado e a Secretaria da Saúde vem adotando para o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Além da estruturação dos hospitais, o Estado vem se empenhando na compra e distribuição de EPIs, aumento do número de leitos para atendimento da população e identificação e monitoramento dos casos de Covid-19 no estado.

Responda

Your email address will not be published.