Covid-19: Estado aumenta número de leitos clínicos e de UTI em Parnaíba

*Covid-19: Estado aumenta número de leitos clínicos e de UTI em Parnaíba
Hospital Estadual Dirceu Arcoverde dispõe hoje de 49 leitos clínicos e 18 de UTI, com possibilidade de ampliação.*

[Teresina] – A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) realizou uma análise dos dados de Parnaíba e foi verificado que, dos 49 leitos do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), disponível para tratamento da Covid-19, 16 estão ocupados. Isso corresponde a 32% de ocupação dos leitos clínicos. Ao analisar a ocupação dos leitos de Terapia Intensiva (UTI), de 18 leitos disponíveis para o tratamento da Covid-19, 10 estão ocupados, correspondendo a 55% de ocupação na UTI do Heda para tratamento da Covid-19.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, “esses 49 leitos só estão disponíveis em razão de termos transferido para a Maternidade Marques Bastos, o serviço de maternidade que funcionava dentro do Hospital Dirceu Arcoverde, abrindo, assim, a possibilidade da ampliação do tratamento da Covid-19 no Heda”.

Os leitos de UTI que estão disponíveis no Dirceu Arcoverde, todos foram implantados após o início da pandemia. “Tínhamos 10 leitos para tratamento de adultos na UTI de Parnaíba e já implantamos mais 18 leitos só para o tratamento da Covid-19, dada a preocupação com a segunda maior cidade do estado, o segundo maior conglomerado populacional que nós temos no estado do Piauí’, destaca Florentino.

Também será reinaugurada, na próxima semana, a Pró Médica que estava fechada há mais de cinco anos, e que está passando por uma reestruturação e aquisição de novos equipamentos. Dessa forma, além dos 49 leitos clínicos disponíveis para o tratamento da Covid-19, serão agregados mais 60 leitos, ficando, assim, com 109 leitos clínicos para o tratamento da Covid-19 e 20 leitos de UTI no Hospital Dirceu Arcoverde, aumentando de 18 para 20, as unidades de terapia intensiva.

“Temos ainda a pretensão de ir a um número acima de 20, no entanto, está na dependência do recebimento de respiradores que estamos comprando.

Temos respiradores que iremos receber em razão de uma compra que fizemos e a Justiça nos deu ganho de causa; temos outro grupo de respiradores que iremos receber de uma compra na Turquia; e outra de uma negociação com a China. Dessa forma, recebendo os respiradores, nós aumentaremos o número de leitos de UTI em Parnaíba, além dos 20 que foram inicialmente programados”, conclui Florentino Neto.

Responda

Your email address will not be published.