Núcleo de Assistência ao Servidor do HEDA já testou mais de 900 profissionais

[Teresina] –  O Núcleo de Assistência ao Servidor, do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba, já testou 905 profissionais da saúde que atuam nesta unidade, para a detecção do coronavírus.

A unidade funciona dentro das instalações do HEDA e foi criado no início da pandemia da Covid-19, para dar assistência aos trabalhadores, que atuam no hospital. “Nosso intuito foi dá uma atenção e um cuidado diferenciado aos profissionais, que estão na linha de frente e aos demais que trabalham no HEDA, que além da testagem contam com outros serviços”, explica a coordenadora de enfermagem do hospital, Janailda Furtado.

O Núcleo oferece serviços de consultas presenciais, telemedicina e de apoio psicológico, além de manter o acompanhamento daqueles profissionais que tiveram que se afastar, devido à infecção pelo coronavírus.

“Nós temos todo um protocolo para os profissionais que tiveram que se afastar, para os quais disponibilizamos todos os exames e as medicações necessárias. Nosso objetivo é esta cuidando deles, para que possam retornar aos seus postos de trabalho com mais tranquilidade, com todo apoio para a sua saúde física e mental”, lembra a coordenadora.

Entre as ações que são desenvolvidas no Núcleo de Assistência ao Servidor do HEDA está a testagem em massa, para o diagnóstico precoce da Covid-19. “O intuito é trazer mais segurança para nossos servidores, nesse momento de pandemia. Por isso estamos realizando constantemente a testagem dos nossos colaboradores, até o momento já foram feitos 925 testes. Na última semana realizamos uma testagem em massa, quando 409 profissionais foram examinados”, ressalta Janailda Furtado.

Fonte: Ascom

Comments are closed.