Secretário Florentino Neto visita hospitais municipais e reforça parcerias

[Teresina] – O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, visitou, neste final de semana, os hospitais de Batalha, Pedro II e Cocal. Durante as visitas, ele falou das parcerias com os municípios  com o objetivo de  melhorar o atendimento à população. Através do diálogo com prefeitos e lideranças, o gestor tem buscado entender os problemas enfrentados em cada cidade e os desafios que precisam ser vencidos.
No Hospital de Batalha, acompanhado pelo prefeito João Messias, o secretário  verificou toda a estrutura física da unidade de saúde, reformada com o apoio da Sesapi. O próximo passo, segundo ele,  é  equipar o Centro Cirúrgico permitindo a realização de cirurgias de urgência, emergência e eletivas. “ Através dessa parceria entre o estado e município, o hospital volta a ter capacidade operativa e um nível de resolutividade muito maior. Isso e importante para toda a região”, declara o gestor.

Pedro II
Em Pedro Segundo, o secretário visitou o hospital Santa Cruz, que apesar de ser privado, é administrado pela organização filantrópica São Camilo. Durante a visita foi possível ouvir os diretores e servidores e tratar sobre alguns apoios considerados importantes para manutenção do serviço no município. “Temos alguns gargalos a melhorar e viemos pessoalmente conferir os pontos que requerem atenção da Secretaria de Saúde”, comentou. “Estamos firmes no propósito de melhorar o atendimento e aliviar o sofrimento da população”.

Cocal
No Hospital Joaquim Vieira de Brito, em Cocal, o prefeito Rubens Vieira e o vice-prefeito Nonatinho, acompanharam a vista que o secretário Florentino fez às obras de reforma e ampliação do hospital local. As intervenções que estão sendo feitas permitirão o incremento de novos serviços, assim como a retomada dos partos, que voltarão a ser realizados no local. “O  centro cirúrgico está sendo preparado dentro das mais novas normas de vigilância sanitária e adequado tecnicamente para receber equipamentos de última geração”, ressalta.

Responda

Your email address will not be published.