China quer testar 14 milhões em dois dias após confirmação de novo foco

A cidade portuária chinesa de Tianjin pretende testar seus 14 milhões de moradores nas próximas 48 horas após a descoberta de um novo foco de Covid.

As pessoas que vivem na cidade foram aconselhadas a ficar em casa até obter o resultado do teste. Elas devem apresentar um laudo negativo para poder acessar alguns serviços, como o transporte público.

Dos 20 casos descobertos, dois são da variante Omicron, altamente transmissível.

A China está buscando uma política de Covid zero, que visa erradicar a doença na comunidade.

Em contraste com outras partes do mundo, que se abriram após as campanhas de vacinação, a China respondeu a um pequeno número de casos locais com testes em massa e bloqueios rígidos.

Fonte: BBC

Comments are closed.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy